quinta-feira, 26 de abril de 2018

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE – ALTERAÇÃO DA HORA

 
Desde o dia 1 de janeiro do presente ano que, por determinação do Governo da República Democrática de São Tomé e Príncipe e tendo em conta a poupança de energia, foi avançada uma hora, ficando o promissor país com o fuso horário igual ao de outras nações limítrofes, situadas na zona sub-região da África Central.
 
Curiosamente, diga-se, esta alteração não é virgem, dado que na década de quarenta, já tinha ocorrido e pelo mesmo motivo, a mudança da hora, como reza o seguinte:
 
Em 10 de outubro de 1942, conforme Portaria 509, publicada no Boletim Oficial nº 41, o adiantamento de 1 hora verificou-se de 10 para 11 deste mês e às zero horas. Com esta decisão evitou-se a redução iluminação pública e particular. Os serviços públicos ficaram com o horário de trabalho das 8 às 12 e das 14 às 16 horas.
 
Em 10 de fevereiro de 1945, Portaria 742 (Boletim Oficial nº 6), determina o atraso de uma hora nos relógios de todo o arquipélago, na noite de 10 para 11 de fevereiro de 1945, à meia-noite.
 
Em 26 de maio de 1945, Portaria 767 (Boletim Oficial nº 21), novamente com o propósito de economizar energia elétrica e combustível, foi adiantada uma hora, às 23 horas do dia 2 de junho de 1945.

domingo, 22 de abril de 2018

SÃO TOMÉ, ABRIL DE 2018...

Uma vez mais voltei onde me senti bem nos anos sessenta...
Fui acompanhado por um casal fantástico, saudei bons e leais amigos de longa data e granjeei novos relacionamentos que muito me honram.
Estive na Capital, Ilhéu das Rolas e na Praia do Inhame, perto de Porto Alegre, onde aconteceu o inesperado.
Há 16 anos andava por lá e tirei uma foto a um grupo de gente maravilhosa, como se pode constatar na penúltima imagem.
Passado este tempo encontrei uma das jovens que ficou na fotografia (a que está à esquerda na primeira fila) e, alegremente, voltámos a posar para a posterioridade.
Sempre interessante...
Já estou a preparar novo regresso às mais belas ilhas africanas... 
























 

O DESLEIXO, O DESPREZO E A INCÚRIA CONTINUAM...

Esta Junta de Freguesia cada vez está mais na mesma...
Até o painel publicitário está incompleto, pois não consta lá o "Matagal" de Benfica!
Neste momento o prédio onde habita muita gente, situado na zona remota do Bairro das Pedralvas, está rodeado de um autêntico chavascal, como as imagens demonstram.
Que mal fizemos para ser assim tratados?

 







 

quinta-feira, 5 de abril de 2018

PRESENÇA DA POLÍCIA MILITAR NA ENTÃO PU DE MACAU (de 1962 a 1975) – 10º E ÚLTIMO EPISÓDIO – CONCLUSÕES



Volto a estar feliz por ter conseguido terminar a segunda de sete partes de um projeto considerável, que envolve registar as vivências das 121 unidades da Polícia Militar que cumpriram a sua digna missão em África e na Ásia, casos de Angola (42), Cabo Verde (12), Guiné (16), Macau (8), Moçambique (21), São Tomé e Príncipe (15) e Timor (7).
 

Esta enorme e complexa tarefa, referente a Macau, só foi possível graças à colaboração de muita gente amiga e prestimosas entidades que me acompanharam nesta iniciativa e a quem presto profundo e sentido tributo, pois sem estas ajudas jamais estaria a elaborar este trabalho, cuja finalidade é homenagear um coletivo que me marcou para todo o sempre: A Polícia Militar!
 
Eis, pois, os dados finais a que se chegou:
 


1.COLABORADORES
Foram 27 personalidades e 9 entidades que deram o máximo do seu esforço, aliado à prontidão, voluntariedade e vontade de servir neste projeto.
Os primeiros, alguns deles, por terem facultado fotos, testemunhos e histórias da sua juventude que nunca mais acabam, mas todas elas com um sentimento de apreço e regozijo por terem estado numa zona muito especial e que os marcou sobremaneira.
Importantíssima e valiosa ajuda, destaque-se, apesar de me suportarem constantemente.
Quanto aos segundos, com os seus saberes, ensinamentos e orientações muito me auxiliaram a cumprir o objetivo.
A todos o mais profundo agradecimento.
 
1.1-INDIVIDUAIS
Anabela Ribeiro Castro Lopes Sequeira, filha do saudoso Alberto Lopes Sequeira,
Comandante do PPM 932
António Geraldes Pinto, CPM 2428
Armando Rafael Cardeira Costa Moura, PPM 932
Augusto José Mendonça Almeida Correia, PPM 2228
Carlos Oliveira Silva, PPM 8275
Eugénio Manuel Vieira Reis, CPM 2428
Fernando Lopes Barão, PPM 932
Fernando Oliveira Saltão, PPM 2228
Henrique Jorge Costa Bértolo, PPM 2027
João Frade Caeiro Lavado, CPM 2428
João Marcelino Nóbrega Sousa, Amigos de Macau
Joaquim Rosa Daniel, PPM 1084
José Joaquim Almeida Alvelos, PPM 2228
José Luís Matos Sousa Oliveira, PPM 8275
José Manuel Freitas Fernandes, PPM 2027
Leonel Ribeiro Lourenço, PPM 2027
Luís Manuel Águas Pereira, PPM 8275
Luís Mousinho Magalhães Meneses Mascarenhas Gaivão, PPM 8275
Manuel Abrantes Carvalho Tomé, PPM 932
Manuel Barreto Rodrigues, PPM 8275
Manuel José Ferreira, ex-PM (1972/1975)
Mário Domingos Santinhos Silva Lopes, PPM 8275
Mário Santos Marques Costa, PPM 1084
Óscar Neto Vieira, PPM 3124
Paulino Jesus Tavares Girante, PPM 38
Vítor Jorge Algarvio, PPM 8275
Vítor Manuel Morais Batista Silva, PPM 3124
 
1.2-COLETIVOS
Arquivo Geral do Exército
Arquivo Histórico Militar
Associação de Lanceiros
Jornal do Exército
Biblioteca do Exército
Hemeroteca Municipal de Lisboa
Regimento de Lanceiros 2
Revista de Cavalaria
Revista do Exército
UTW-Portal dos Veteranos da Guerra do Ultramar
 
2.TEMPO DE MOBILIZAÇÃO (ENTRE A SAÍDA E REGRESSO A LISBOA)
Nota: O normal seriam 2 anos, ou sejam 730 dias, segundo o Artigo 8º do Decreto Lei 42.937/60,
de 22 de abril.
Como curiosidade a média geral é bem superior ao estabelecido por aquela determinação
(780,75 dias).
 
2.1 – CPM 2428, 906 dias (+ 176 dias).
2.2 – PPM 2027, 887 (+ 157).
2.3 – PPM 2228, 866 (+ 136).
2.4 – PPM 1084, 838 (+ 108).
2.5 – PPM 38, 830 (+ 100).
2.6 – PPM 3124, 734 (+ 4).
2.7 – PPM 932, 687 (- 43).
2.8 – PPM 8275, 498 (- 232)
 
3.TEMPO DE VIAGENS
Foram sete as unidades que utilizaram, nos dois sentidos, o transporte por via marítima,
enquanto a última foi e regressou por via aérea.
 
3.1 – PPM 2027, TOTAL/110 dias. IDA/52 dias. REGRESSO/58 dias.
3.2 – PPM 3124, 108 (59+49).
3.3 – CPM 2428, 106 (52+54)
3.4 – PPM 2228, 98 (50+48).
3.5 – PPM 38, 91 (59+32).
3.6 – PPM 932, 91 (49+42).
3.7 – PPM 1084, 82 (30+52),
3.8 – PPM 8275, 3 (2+1).
 
4.TEMPO DE PERMANÊNCIA EM MACAU
4.1 – CPM 2428, 800 dias.
4.2 – PPM 2027, 777.
4.3 – PPM 2228, 768.
4.4 – PPM 1084, 756.
4.5 – PPM 38, 739.
4.6 – PPM 3124, 626.
4.7 – PPM 932, 596.
4.8 – PPM 8275, 495.
 
5.EFECTIVOS E PATENTES
Foram 435 militares que, desde 1962 a 1975, chegaram a Macau, englobados inicialmente nas unidades da PM, para cumprirem a sua digna e honrosa comissão de serviço.
Eis as patentes e respetivo efetivo:
 
5.1-OFICIAIS (13)
Capitães de Cavalaria: 1
Alferes de Cavalaria: 13
 
5.2-SARGENTOS (32)
Primeiros Sargentos de Cavalaria: 2
Segundos Sargentos de Cavalaria: 4
Furriéis de Cavalaria: 25
 
5.3-PRAÇAS (392)
Primeiros Cabos: 81
Soldados: 309
 
6.NÚMERO DE MILITARES POR UNIDADE
6.1 – CPM 2428, 138.
6.2 – PPM 3124, 45.
6.3 – PPM 8275, 45.
6.4 – PPM 2027, 43.
6.5 – PPM 2228, 43.
6.6 – PPM 38, 41.
6.7 – PPM 932, 40.
6.8 – PPM 1084, 40.
 
7.FORMA E RECOLHA DE DADOS
As tarefas desenvolvidas, quer pessoalmente, quer através de correio postal ou eletrónico, decorreram desde 3 de setembro de 2017 até à atualidade. Registe-se que, no primeiro caso, houve necessidade de me deslocar a diversos locais, cujas entidades (algumas) estão referidas no ponto "1.2-Coletivos", como efetuar viagens a Abrantes, Alcobaça, Cacém, Carcavelos, Ericeira, Montijo, Setúbal e Viseu.
 
8.PUBLICAÇÃO
Em período semanal e às quintas-feiras, os 10 episódios (as 8 unidades, a apresentação e estas conclusões), decorreram entre a 5ª e a 14ª semana de 2018, isto é, de 1 de fevereiro a 5 de abril.
 
9.TOTAL DE PÁGINAS
Este trabalho sobre Macau envolveu 369 páginas de texto, com história, episódios, experiências e testemunhos daqueles que lá estiveram, cumprindo o serviço militar.
 
10.FOTOS E IMAGENS
Graças aos gentis colaboradores foi possível divulgar 1.034 maravilhosas fotos e imagens que registam momentos vividos, entre outros, como as viagens, formaturas, marchas, patrulhas, convívios, banhos de mar, atividade desportiva, guiões e crachás das unidades, enfim, todas elas saudosamente recordam e marcaram a juventude dos lanceiros que serviram, e de que maneira, a Polícia Militar!
 
11.ACESSOS NA NET
Até ontem os 10 spots foram vistos globalmente por mais de 3.200 pessoas.
 
12.APRECIAÇÃO FINAL
Para terminar, aqui estão as opiniões de quem analisou o trabalho:
 

ÂNGELO VALÉRIO FREIRE, CPM 2394 (TIMOR)

Como já é normal e habituou os que o "visitam", este trabalho está excelente e até para quem não esteve em Macau, enche de orgulho.

Quem lê apercebe-se dos escolhos por que tem que passar para conseguir informações que até podem parecer simples, mas que no fundo representam muitas horas de permanente
dedicação à "causa".

Mais uma vez parabéns e votos de muito ânimo e saúde para levar esta hercúlea tarefa por diante.

Obrigado!



ANTÓNIO GERALDES PINTO, CPM 2428 (I)

Pelo pouco que ainda vi achei muito interessante.

Já publiquei no nosso perfil o endereço do seu blog.

Parabéns e obrigado!

Tudo o que eu disse sobre o seu trabalho é muito pouco comparativamente com a
grandiosidade do mesmo, direi mesmo é sublime.

 

ANTÓNIO GERALDES PINTO, CPM 2428 (II)

Muitos Parabéns Caríssimo Amigo Alberto Helder por este trabalho verdadeiramente Épico e Único da Presença da Companhia de Polícia Militar 2428 em Macau que a todos nós nos HONRA.

Trabalho exemplar digno do nosso justíssimo aplauso e o dia escolhido para a sua publicação é igualmente Épico, Dia Internacional da Mulher.

Aproveito para deixar a minha homenagem com muito amor e carinho a todas as mulheres desejando-lhes um dia muito feliz.

Ao Amigo Helder o meu muito obrigado e o meu abraço.

 

ARIOLINDO CADETE FERNANDES, PPM 1084

Gostei imenso de ver este importantíssimo trabalho.

Recordei tudo o que de bom se passou na minha vida militar, especialmente a ida para
Macau e o regresso, de barco, que hoje considero terem sido autênticos cruzeiros.

Ainda bem que há pessoas como o meu amigo para registar a memória da presença
da PM no Ultramar.

Um abraço.

 

ARMANDO RAFAEL CARDEIRA COSTA MOURA, PPM 932

Gostei imenso da excelente reportagem do PPM 932, logo expresso os mais sinceros parabéns pelo trabalho apresentado, o qual comuniquei a outros camaradas de armas que o viram e apreciaram.

Destaco que este projeto, iniciado e desenvolvido pelo amigo Alberto Helder, que nada tem a ver com os lanceiros, tem o dom de recordar bons e agradáveis momentos vividos há 50 anos!

Forte abraço de agradecimento.

 

ARTUR JAIME CASTRO LOPO FARO, CPM 2394 (TIMOR)

Bom trabalho.

É de louvar.

Parabéns.

 

AUGUSTO JOSÉ MENDONÇA ALMEIDA CORREIA, PPM 2228

Bom dia, Alberto Helder

Vi o seu trabalho sobre o nosso pelotão 2228 e não posso deixar de lhe dar os parabéns.

Está magnifico, vi algumas fotos que desconhecia e emociona-me, é como se
olhasse para trás, muitos anos atrás nas nossas vidas e ter uma visão fogaz
do caminho percorrido até aos dias de hoje.

48 anos passaram.

Uma vez mais os meus parabéns por este trabalho.

FERNANDO OLIVEIRA SALTÃO, PPM 2228
Alguém disse: o tempo não volta!...
O que volta é a vontade de voltar no tempo!
Obrigado por este trabalho fantástico; que como por magia, me fez viajar até Macau onde vivi
 2 anos muito intensos, cheios de experiências, que também definiram a pessoa que sou hoje.
Muitos parabéns pelo excelente trabalho que fez!
Adorei!
Muito obrigado.
Um grande abraço.




GUILHERME BANDEIRA HENRIQUES, LISBOA


Os meus parabéns pelo seu trabalho de pesquisa.

É um documento histórico.



HENRIQUE JORGE BÉRTOLO, PPM 2027 (I)

Olá Amigo!

Foi uma agradável surpresa a leitura que fiz ao seu magnifico trabalho de pesquisa
sobre o tema das comissões de serviço da PM em Macau.

Está magnifica a sua escrita histórica que merece todo o nosso agradecimento.

Se me permite irei partilhar junto dos meus camaradas do PPM 2027 o seu magnifico trabalho.

Obrigado Amigo Alberto Helder.

 

HENRIQUE JORGE BÉRTOLO, PPM 2027 (II)

Trabalho de pesquisa magnifico.

Obrigada amigo Alberto Helder.

Sempre grato pelo seu louvável trabalho.

Em nome do PPM 2027

O nosso obrigado, amigo!!!



HENRIQUE JORGE BÉRTOLO, PPM 2027 (III)

Um abraço amigo Alberto.

Depois deste trabalho todo, sobre a presença da Policia Militar em Macau, venho em nome de todos os meus camaradas do PPM 2027 (1968/70), agradecer-lhe o seu notável trabalho de pesquisa de todos os lanceiros que estiveram pelo Oriente.

Obrigado, amigo!

 

JOÃO FRADE CAEIRO LAVADO, CPM 2428

Obrigado Alberto Helder belo trabalho sobre a nossa CPM 2428.

 

JOÃO PEDRO CARDOSO PEREIRA, PM-VETERANO

Caro Amigo.

Felicito-o pelo excelente trabalho aqui iniciado.

Fico sensibilizado, não só pelo interesse pela Policia Militar a que pertenci, como às
imagens de Macau por onde também andei.

Parabéns!

 

JOAQUIM ROSA DANIEL, PPM 1084

Gostei imenso deste trabalho, pois fez recordar-me tempos antigos, que nunca mais voltam.

Considero-o, pois, muito bom para memória futura.

Abraço.



JOSÉ ABÍLIO CARVALHO SOARES, PPM 3124

Bom amigo!

Foi com enorme prazer que vi que alguém se interessa por fazer um trabalho que a mim particularmente me orgulha.

Só tenho que agradecer o seu trabalho.

Um bem-haja e muito obrigado.

 

JOSÉ LUÍS MATOS SOUSA OLIVEIRA, PPM 8275

Bem-haja pelo seu trabalho.

 

JOSÉ MANUEL FREITAS FERNANDES, PPM 2027

Muito obrigado, meu amigo.

Um grande abraço!

 

LUÍS MANUEL ÁGUAS PEREIRA, PPM 8275

Gostei imenso deste espetacular e soberbo trabalho.

Forte abraço!

 

MANUEL ABRANTES CARVALHO TOMÉ, PPM 932

O Serviço Militar em Macau, seria maravilhoso não fora algumas condicionantes.

Porém nem tudo foi mau.

Ao relembrar esses tempos, cito a juventude, o espírito de aventura, em suma não tive
dois dias iguais em todo o tempo de serviço.

Relembro companheiros com os quais ainda hoje mantenho amizade e convívio.

Alguma peripécia na primeira viagem ao Sudoeste Asiático, visitei Macau.

Estávamos em 1995 e visitei o Quartel da Flora e qual meu espanto todo resplendor
de outrora estava transformado em cemitério dos carros do lixo.

Claro que fiquei com sentimento de indignação.

Abraço.



MANUEL BARRETO RODRIGUES, PPM 8275 (I)

Bom dia.

Estou absolutamente estupefacto com o seu trabalho.

Bem-haja e cá estarei para o seguir com a máxima atenção e interesse.

Muito obrigado por tudo.

Abraço.

 

MANUEL BARRETO RODRIGUES, PPM 8275 (II)

Muito obrigado pelo seu trabalho que nos fez reviver esta estadia em Macau.

Abraço.

 

ÓSCAR NETO VIEIRA, PPM 3124

Aqui reza alguma história da nossa comissão em Macau (1972/1974)



PAULINO DE JESUS TAVARES GIRANTE, PPM 38

Boa noite.

Os meus parabéns pelo excelente trabalho, e o meu agradecimento.

Como ex-PM sinto-me honrado pelo seu trabalho.

Ele é um pedaço de mim e recordar também é viver.

Bem-haja!

Quero possuir esta excelente obra pelo que todas as semanas irei imprimir as publicações.



PORTAL UTW – DOS VETERANOS DA GUERRA DO ULTRAMAR

Bom dia, caro Alberto Helder.

Nós é que agradecemos a partilha de tão excelente trabalho.

Obrigado.

Saudações.

António Pires

 

ROMÃO GONÇALVES ANTUNES, PPM 3124

Caro Alberto Helder.

Dou-lhe os meus parabéns pelo trabalho realizado que requer alguma dedicação e investigação.

Há aí história.

Cada sujeito com sua história de vida, em interação com os companheiros no decorrer da comissão.

Tudo na mesma embalagem, a multiplicar experiências e novas histórias.

 

RUI TOMÁS, ALFERES NO ATIVO

Caro Senhor Alberto Helder.

Boa tarde.

Vi com muito agrado o seu blog sobre a Polícia Militar e felicito-o, pois, é uma obra com informação detalhada e um contributo importante para salvaguarda da memória do serviço prestado pelos militares da Polícia Militar.

Com os melhores cumprimentos.



VICTOR MANUEL MORAIS BATISTA DA SILVA, PPM 3124 (I)

Parabéns grande amigo pelo excelente trabalho.

Irei partilhar toda esta informação aos meus camaradas PM.

Grande abraço.



VICTOR MANUEL MORAIS BATISTA DA SILVA, PPM 3124 (II)

Parabéns caro amigo Helder!

Mais uma vez excelente trabalho no “Recordar é Viver” do PPM 2027.

Grande abraço.

 

VICTOR MANUEL MORAIS BATISTA DA SILVA, PPM 3124 (III)

Amigo Helder espero que esteja bem.

Os meus parabéns pelo belo trabalho feito a todas as unidades da Policia Militar,
incluindo o PPM 3124.

Não sei como agradecer.

Grande abração.

 

VÍTOR JORGE ALGARVIO, PPM 8275

Ótimo trabalho.

O Helder tem muita paciência… e grande esforço pelo que está a fazer.

Como Polícia Militar, agradeço.

Saudações.





 BEM-HAJAM!

Agora vamos desenvolver o tema TIMOR, com as suas 7 unidades…
 
Até lá!