sábado, 10 de maio de 2014

AVISO MUITO SÉRIO!



Como disse fui passar uns dias a São Tomé e Príncipe, englobado num grupo de 15 elementos, entre 26 de Abril e 3 de Maio (sábado).

Quando acordei no dia do regresso a Lisboa tinha umas quantas borbulhas muito vermelhas em diversas partes do corpo, mais objectivamente nos braços e pulsos, pernas e tronco (costas, barriga e peito).

Nessa tarde, quando cheguei a Lisboa procurei o Centro Médico do Aeroporto de Lisboa a contar o que se estava a passar e sugeriram-me consultar o Hospital de Santa Maria o que fiz.

Fui atendido na urgência da dermatologia pelo Dr. Prof. Paulo Leal Filipe que me disse ter sido uma picada (?!) e que, com os remédios que receitou (Clobetasol e Ebastina) a “coisa” demoraria algum tempo a passar. E eu cheio de dores.

No dia 6 senti-me bem pior, pois as dores (muito finas, acutilantes e prolongadas e do género de mordidelas) em cada um das 17 borbulhas, já mais dilatadas, mais vermelhas, inchadas, cabeça preta e algum branco) e tive de socorrer-me da minha médica de família, Drª Elvira Manarte que me prescreveu Fucidine, Eritromicina e Ibuprofeno, substituindo a primeira leva de medicamentos. Mais me disse que este tratamento daria até domingo e que fosse ter com ela na próxima segunda-feira (dia 12) para fazer a avaliação. E eu cheio de dores…

Como o sofrimento não abrandava, no dia seguinte, quarta-feira, à tarde, ao limpar uma das feridas no braço esquerdo uma aterradora surpresa, medonha e incrédula, deixou-me meio confuso, pois de lá saiu um bichinho (uma larva, irmã gémea da que está na imagem)…

Na quinta-feira, dia 8, voltei à urgência a Santa Maria e fui atendido pelo Dr. Luís Uva (na dermatologia) a quem contei o sucedido, mas pouco ou nada ligou, pois, para ele os bichinhos aparecem em colónia e não isoladamente, portanto que não inventasse (sic).

Quanto a terapêutica que continuasse com o que me tinha sido receitado tendo até sugerido que podia misturar as duas pomadas e, assim, friccioná-la sobre as borbulhas. E eu cheio de dores.

Na manhã de sexta-feira, ontem, voltou a sair outro bicharoco do braço direito coloquei-o num pequeno frasco de vidro e levei-o a “passear” até à urgência da dermatologia do Hospital de Santa Maria, onde fui atendido pela Drª Joana Antunes e por duas formandas e, em boa hora, dado que se interessaram pelo meu depauperado estado de saúde enviando-me à Pequena Cirurgia para procederem à retirada dos vermes que me afligiam e de que maneira… Para certificar o que acabei de dizer a Drª Joana Antunes até tirou um dos ditos “monstruosos bicharocos” das minhas costas… Marcou consulta para a próxima segunda-feira!

No bloco operatório a equipa do Dr. Bernardo Conde Maria fez um trabalho admirável procedendo com paciência, profissionalismo e sensibilidade a retirada do que estava a mais nas restantes borbulhas, com uma delas a ter batido o recorde em tamanho e trabalho, muito difícil de tirar pois não estava acessível o que provocou até ter de ser anestesiado localmente por não suportar as horríveis dores…

Antes, porém, esteve presente o fantástico Dr. Tiago Marques (e seus formandos), o maior nas doenças infecto-contagiosas que explicou todo o processo desde a picada da mosca até ao total restabelecimento do doente, e acompanhou o trabalho feito pelos médicos que procederam à retirada das “coisas” que o meu corpo recolheu…

A doença de que sofri tem um nome sinistro: Miíase. E vendo as imagens na net, bem mais pavorosas são!

Entretanto, ontem à tarde liguei ao “líder do grupo” que foi a São Tomé e, além de contar o que me sucedeu, pedi-lhe que contactasse todo o pessoal a dar conta do sucedido e para procederem em conformidade, caso tivessem tais sintomas.

Um dos camaradas que viajou connosco telefonou-me há pouco a informar-me que também tem umas borbulhas iguais àquela que me tinha visto no braço direito durante a viagem. Dei-lhe as instruções necessárias para que procure o sítio certo para se tratar.

Segunda-feira, às 09H30, lá estarei na consulta de Santa Maria com a Drª Joana Antunes e o Dr. Tiago Marques que estão a acompanhar este caso, até inédito na quantidade.

Finalizando, espero hoje dormir a noite como deve ser pois já não o faço há uma semana…

41 comentários:

Alberto Helder disse...

Meu Caro Amigo.
Um grande abraço e rápidas melhoras.
Zé Manel

MANUEL XAVIER disse...

Olá! fiquei preocupado com o que acabou de publicar. Gostaria que me desse mais informções sobre o desenvolvimento desse caso, pois é que estou nesse preciso momento a organizar uma viagem a S.T.P. com um grupo de amigos.

ORLANDO DUARTE disse...

As suas melhoras...
Abraço forte.

ALBERTO HELDER disse...

Estimado Manuel Xavier. Grato pela mensagem. Quanto à questão devo dar a minha opinião depois de escutar toda a gente que me refiro no post.
A prevenção é o melhor para cada qual, usando e abusando de repelentes com eficácia garantida. Se aparecer (uma ou mais) borbulhas vermelhas é sinal que o problema pode estar a iniciar-se, isto é, a larva começa a desenvolver-se no espaço que ocupa. Enquanto isso acontecer as dores são muito finas e prolongadas, como que uma lâmina de barbear a cortar a pele e/ou dentadas dadas com dentes muito afiados e agressivos. Horrível! Tratamento inicial: Uma boa camada de vaselina sólida no centro e arredores da borbulha que vai impedir que o bicharoco respire. Virá então à superfície e, ou sai por si. ou é retirada com uma pinça ou outro objecto. O seu aspecto é aquele que divulgo no blog. Naturalmente que este trabalho pode ser feito por qualquer, mas se for feito por profissionais é bem melhor. No local fica um buraco de pequenas dimensões que deve ser convenientemente tratado. No meu caso, para além de tratamento diário (limpeza, desinfecção e protecção, com pensos), é colocada a pomada Bacitracina recomendada pela equipa que extraiu os bicharocos. Saudações.

ALBERTO HELDER disse...

Ilustre Amigo Orlando Duarte. Obrigado pela mensagem. Agora é só uma questão de cicatrizar as imensas feridas, pois o mal já se foi! Este problema não é contagioso, nem deixa sequelas. Abração de amizade!

ORLANDO DUARTE disse...


Fico contente por saber. Abraço forte.

Sergio Correa disse...

Caro Helder,

Fui pesquisar e achei:

http://www.medicinanet.com.br/conteudos/revisoes/1949/miiase.htm?_mobile=off

No Brasil é conhecido como Berne. Realmente incomoda.

Sare rápido caro amigo!

Forte abraco ao amigo de além-mar!

JOSÉ FIGUEIREDO disse...

Desejo-lhe as rápidas melhoras. Forte abraço

DIOGO LOURO disse...

Muito sério mesmo. As melhoras

JOSÉ DA SILVA FIGUEIREDO disse...

Impressionante e aterrador... Mete mesmo medo, espero que não tenha consequências futuras.

LUÍS PINHEIRO disse...

As rápidas melhoras! Alarmante!

JOAQUIM CHAROUCO disse...

Miíase....amigo Alberto Helder Henrique Santos...vulgar em determinadas zonas de Angola,e até em Luanda...nunca me calhou por acaso mas vi amigos meus muito mal.....Felizmente passa e não deixa sequelas....as melhoras e grande abraço!!!

JOSÉ MADEIRA disse...

Rápidas melhoras! Abraço.

VÍCTOR SOUSA MEIRA disse...

Do mesmo mal e conforme pode informar o nosso amigo Alberto Helder..........o mesmo a mim aconteceu !!!!!!!!!!!! tenho na perna direita 2 buraquitos do tamanho de uma moeda de 5 cèntimos, e da qual o bichito é o causador do mesmo !!!!!!!!!!!! ATENÇÃO QUE ISTO NÃO ACONTEÇE SÓ EM SÃO TOMÉ !!!!!!!!!!!!!!!! EM QUALQUER PARTE DE ÁFRICA ESTA DOENÇA CHAMADA DE # M I Í S E # picada de uma MOSCA.................... infelizmente da um grande desconforto e bastantes dores.............eu que o diga...............e o amigo ALBERTO HELDER TAMBEM INFELIZMENTE !!!!!!!!! SEI DA IDA DO NOSSO AMIGO ALBERTO HELDER PARA SÃO TOMÉ E DEVIDO A LÁ TER ESTADO DURANTE ALGUM TEMPO " BASTANTE " recomendei-lhe os melhores AMIGOS, e SITIOS.............. mas nunca pensei que INFELIZMENTE pode-se apanhar esta doença..............COMO SABEM ALGUNS AMIGOS SOU " FARMACÊUTICO " DE PROFISSÃO, e na altura tentei saber ao MAXIMO desta causa !!!!!!!!!!!!! É UMA MOSCA IGUAL A DA EUROPA.............mas que devido as temperaturas ALTAS e ao pouco ou NENHUM control de pragas!!!!! e devido a POUCA HIGIENE neste tipo de PAISES............. pode acontecer !!!!!!!!!! É COMO SER.MOS PICADOS POR UMA " M E L G A ".............. mas o nosso organismo não esta preparado para o mesno !!!!!!!!!!!!!!!!!!!! SE EU OU O ALBERTO HELDER permanese-mos LÁ DURANTE 2 OU 4 ANOS.......... a incobação de larvas POSSIVELMENTE NÃO SE FAZIA !!!!!!!!!!!!! pois as temperaturas corporais mantinham-se estaveis!!!!!!!!!!!!! quando se sai do clima elas se desenvolvem E PODE ACONTECER ISTO !!!!!!!!!!!!!!!ATENÇÃO QUE NÃO ACONTEÇE A TODOS !!!!!!!!!!!!! É PRECISSO SER PICADO POR UMA MOSCA EM OVULAÇÃO!!!!!!!!!!!!!! E NEM TODAS ESTÃO NESTE SISTEMA !!!!!!!!!!!!!!! MAS QUE TODO O CUIDADO É POUCO isso é verdade !!!!!!!!!!!!! sei do sofrimento do nosso amigo ALBERTO HELDER...............pois tenho 2 MEDALHAS NA PERNA DIREITA PARA TODO O RESTO DA MINHA VIDA,,,,,,,,,,,,,,,,,,,, MAS MEREÇE A PENA SER MORDIDO NESSAS ILHAS MARAVILHOSA "ILHA DE SÃO TOMÉ " E ILHA DO " PRINCIPE "............. AS MELHORAS ALBERTO HELDER !!!!!!!!!!!!!!!!!!

JOSÉ GERARDO disse...

Amigo, desejo-lhe as rápidas melhoras. Grande abraço

MANUEL JOSÉ FERREIRA disse...

Rápidas melhoras e grande abraço

ARMANDO CARVALHO RODRIGUES NASCIMENTO disse...

Rápidas melhoras e grande abraço

NUNO ALEXANDRE VAZ disse...

Amigo Alberto Hélder, mais uma "história" para recordar (no pior cenário). As melhoras.

PEDRO CATITA disse...

Puxa!!!! Que susto!!! As melhoras e continuação dé boa vida boa!!!!!!!!!! abs

JOSÉ CARMO FRANCISCO disse...

Um abraço e força!

ANTÓNIO JOSÉ CANCELO FERREIRA disse...

As melhoras...

SÉRGIO RIBEIRO disse...

As melhoras.

JOÃO MANUEL LAROUSE MADEIRA disse...

As rápidas melhoras e é pena que por veze os nossos conceituados médicos não tenham interesse pelos nossos problemas que apresentamos nos hospitais. Será que não somos gente, só nº !? já chega de desculpas, força Sr Alberto Helder Henrique Santos

ELVIDO RICARDO DE VIVEIROS disse...

As tuas rápidas melhoras amigo Hélder ..... Se calhar também devias ter ido ao Instituto de Medicina Tropical , não sei ..... eles têm Especialista em Doenças Tropicais. Encontramo-nos no Almoço Anual dos Andorinhas ....Um abraço

ANTÓNIO DA SILVA QUADROS disse...

As melhoras amigo um abraço

IVONE disse...

Que nojo, desculpa lá.

EDUARDO NERY disse...

Então Hélder,o que se passa contigo?

CARLOS ALBERTO FERREIRA DIAS disse...

Chiça! As melhoras caro Alberto. um abraço

ABÍLIO JOSÉ disse...

Caro Alberto Helder Henrique Santos, rápidas melhoras, sem sequelas e, quando voltar a STomé, "cinto e suspensórios". Deve haver qualquer coisa para afastar esses seres impertinentes que, com temperaturas e humidade excessivas chateiam o ser humano. Um abraço.

augusto fernandes disse...

Meu querido amigo: as rápidas melhoras e aquele abraço.

RODOLFO DEYLLOT disse...

As melhoras amigo Alberto Helder Henrique Santos, África tem coisas muito boas, mas também tem destas menos boas.

Unknown disse...

Amigo Alberto Hélder não fazia ideia do que lhe tinha acontecido.
Só agora li o sucedido. Inacreditável.
Mas ainda bem que o pior já lá vai.
Rápidas melhoras e parabéns pela coragem da descrição do sucedido.
Pode ser sem dúvida muito importante para quem tenha de viajar para aquelas paragens.
Um Grande abraço.
Pedro Martins

ANA CRISTINA ARSÉNIO disse...

Rápidas melhoras espero que passe depressa!

VÍTOR FERNANDES disse...

As melhoras e rápida recuperação. Aquele Abraço.

NUNO PEDRO disse...

Rápidas melhoras amigo Alberto. Um abraço

EDUARDO NERY disse...

Ainda bem que o susto já passou.Continuação das melhoras.Abraço do Nery.

CARLOS SANTOS disse...

Rápidas melhoras...um abraço

JOSÉ MANUEL GRAÇA disse...

po*ra!

ANTÓNIO BRÁS disse...

Bom dia amigo Hélder,só agora estou a saber do que te aconteceu de quando a tua permanência em S.Tomé.Ainda bem que o problema j´está debelado,Rapidas melhoras e um grande abraço.

LEONOR CARVALHO disse...

As melhoras grande amigo. Beijinhos

LUXA OLIVEIRA disse...

Arrepiante e hoje pode acontecer em qualquer lugar