quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

OS COMANDOS NOS TRÊS TEATROS DA GUERRA DO ULTRAMAR – PRESENÇA EM ANGOLA (9º DE 32 EPISÓDIOS)

GRUPO DE COMANDOS “OS CORSÁRIOS B” 
Os integrantes deste grupo de Comandos foram todos originários da Companhia de Caçadores
Especiais Independente 365, mobilizada pelo Regimento de Caçadores 10 (Chaves).
Esta Companhia e embarcou para Angola a 13 de julho de 1962 e chegou a Luanda no dia 23. O regresso a casa verificou-se quando saiu de Luanda a 1 de setembro de 1964 e chegou a Lisboa em 10 de setembro de 1964. Nas duas viagens foi utilizado o navio “Vera Cruz”.
Não existe a história desta unidade no Arquivo Histórico Militar.
A constituição do Grupo “Os Corsários B”, a seguir descrita, evocando-se nomes, patentes e outros dados, só foi definitiva após os seus componentes terem frequentado voluntariamente o curso específico, com aproveitamento, durante 82 dias, iniciado em 9 de setembro de 1962 e terminado em 30 de novembro de 1962, no Centro de Instrução 21, localizado na Zemba (Norte de Angola), quando voltaram às suas unidades.
A existência e a operacionalidade deste Grupo de Comandos decorreram durante 641 dias, ou seja, desde o final do curso da especialidade, até ao fim do cumprimento da honrosa missão da Companhia 365 em Angola, quando regressa à então chamada Metrópole,
em 1 de setembro de 1964.
Perante o elevado número de elementos da CCE 365 que ingressou nas fileiras dos Comandos, a sua distribuição verificou-se por três Grupos, identificados pelas letras “A”, “B” e “C”.
CONTINGENTE: 38 Comandos.
COMANDANTE:
Mário Santos Vaz Pardal, Alferes
SARGENTOS:
Francisco Peixoto Ribeiro, Furriel
José Manuel Reis Fernandes, Furriel
PRAÇAS:
Adolfo Moreira Maia, Soldado 296/62
Aníbal Alvão Pereira Carvalho, Soldado 486/62
António Augusto Quintas, 1º Cabo 31/62
António Ferreira, Soldado 1074/62
António Joaquim Peixoto Barria, Soldado 543/62
António Maria Silva Lemos, Soldado 593/62
António Oliveira Teodoro, Soldado 1079/62
António Pereira Ramos, Soldado 519/62
Bernardino Rodrigues Santos, Soldado 327/62
Carlos Ferreira Gonçalves Costa, Soldado 412/62
Carlos Rodrigues Costa, 1º Cabo 178/62
Casimiro Rodrigues Rego, Soldado 232/62
Custódio Cardoso Oliveira, Soldado 277/62
Custódio Fernandes Silva, Soldado 227/62
Daniel Rodrigues Silva, Soldado 910/62
Domingos Machado Fernandes, Soldado 197/62
Eduardo Alves Domingues, Soldado 607/62
Filipe Pires Felgueiras, Soldado 558/62
Horácio Jesus Cardoso, Soldado 1975/61
Ismael Costa Rodrigues, Soldado 331/62
Isolino Silva Fernandes, Soldado 206/62
João Gonçalves Ruivo, Soldado 589/62
Joaquim Paulino Silva Amaral, 1º Cabo 801/62
José Emílio Silva Lopes, 1º Cabo 98/62
José Frias Figueiredo, Soldado 737/62
José Magalhães Barros, Soldado 533/62
José Rodrigues Baptista, Soldado 177/62
José Silva Salgado, Soldado 609/62
José Vilela Leite, Soldado 287/62
Manuel José Costa, 1º Cabo 130/62
Marciano Luís Almeida, Soldado 809/62
Mário Albuquerque Martins, 1º Cabo 810/62
Nelson Simões Almeida Correia, 1º Cabo 862/62
Secundino Fernando Macedo Silva, Soldado 201/62
Vasco Ferreira Ribeiro, Soldado 832/62
Registo de parte da atividade operacional do Grupo “Os Corsários B”, nalguns casos atuando conjuntamente com outros grupos de Comandos, nas seguintes datas e lugares:
07.10.1962 – Rio Lifune.
09.10.1962 – Vale do Rio Cambo. Operação: “Largada Feliz”.
12.10.1962 – Fazenda Sá
16.10.1962 – Rios Suege, Cácua, Caxiri e Liquinge.
17.10.1962 – Rio Cambo.
18.10.1962 – Calaladando, Malonde e Rio Cácua.
17.12.1962 a 25.12.1962 – Maciço dos Quiuenenes e Quicabo.
14.01.1963 a 18.01.1963 – Fazenda Beira Baixa e Quinguimbe. Operação: “Três Couces”.
17.01.1963 a 19.01.1063 – Quissacala, Gombe do Zombo, Cossequele e Quibaba.
Operação: “Limpeza Geral”.
27.01.1963 a 09.02.1963 – Quitexe, Muhombo, Quipedro, Quitoque, Quinguenda,
Cauanga, Cólua e Rios Lamanha, Uamba e Luica.
05.02.1963 a 07.02.1963 – Muteno, Cacamba, Massuaua, Gombe Ia Muquiama e Funda.
Operação: “Faca Afiada”.
10.02.1963 a 12.02.1963 – Jungo, ilha de Casselemgue. Operação: “Barba Escanhoada”.
16.02.1963 a 27.02.1963 – Serras Quinbinda e Ambuila. Operação: Osso Duro”.
19.02.1963 a 18.03.1963 – Úcua, Fazendas Belo Horizonte e Santa Clara, Roça Maria Paula,
Pango Alúquem, Quissacala, Banza do Esso, Gingeu e Rios Teba, Dange e Quilo.
05.03.1963 a 08.03.1963 – Quitexe, Rios Niatche e Vamba. Operação: “Osso Roído”.
22.03.1963 a 26.03.1963 – Maciço dos Quiuenenes. Operação “Cubata Velha”.
07.04.1963 a 09.04.1963 – Úcua, Quissacala e Fazenda Ube. Operação: “Não desisto”.
15.04.1963 a 17.04.1963 – Vale do Rio Ube, Quissacala, Talo e Pedra Verde.
Operação: “Bossa Nova”.
03.06.1963 – Rios Dange, Boqui e Lulumba.
18.06.1963 a 21.06.1963 – Entre os Rios Dange e Luica. Operação: “Teco-Teco”.
27.07.1963 e 28.07.1963 – Muxaluando. Operação: “Sempre Festa”.


Sem comentários: