terça-feira, 31 de dezembro de 2019

OS COMANDOS NOS TRÊS TEATROS DA GUERRA DO ULTRAMAR – PRESENÇA EM ANGOLA (12º DE 32 EPISÓDIOS)

GRUPO DE COMANDOS “OS DESTEMIDOS”
Os integrantes deste grupo de Comandos foram originários do Batalhão de Caçadores 380, composto pela Companhia de Comando e Serviço (CCS), mobilizada pelo Batalhão de Caçadores 5 (Lisboa), e pelas  Companhias de Caçadores Independentes 382 (do Batalhão de Infantaria 17, de Angra do Heroísmo, Ilha Terceira, Açores, que adotou a divisa: “ANTES MORRER LIVRES QUE EM PAZ SUJEITOS”) e 416, do Regimento de Infantaria 7 (Leiria) e, ainda, da 7ª Companhia de Caçadores, do Regimento de Infantaria de Luanda (Angola).
O pessoal da Metrópole deste Batalhão, que utilizou as divisas “FRONTEIROS DO ZAIRE” e “SEMPRE ALERTA”, embarcou para Angola a 28 de abril de 1963 e chegou a Luanda, no dia 7 de maio de 1963. O regresso a Lisboa verificou-se a 23 de novembro de 1964.
A história da unidade, deste Batalhão, está no Arquivo Histórico Militar,
onde poderá ser consultada na cota: 2/2/199/1.
 A constituição do Grupo “Os Destemidos”, a seguir descrita, evocando-se nomes e patentes, só foi definitiva após os seus componentes terem frequentado voluntariamente o 1º curso específico da especialidade, com aproveitamento, durante 87 dias, iniciado em 30 de junho de 1963 e terminado em 25 de setembro de 1963, no Centro de Instrução 16, localizado em Quibala (Norte de Angola), quando voltam às suas unidades.

A existência e a operacionalidade deste Grupo de Comandos decorreram durante 425 dias, ou seja, desde o final do curso da especialidade, até ao fim do cumprimento da honrosa missão do Batalhão 380 em Angola, quando o pessoal metropolitano regressa a Lisboa, em 23 de novembro de 1964.

CONTINGENTE: 35 Comandos.

COMANDANTE:
Martiniano Eduardo Pereira Quesada , Alferes, CCS


SARGENTOS:
António Virgínio Blayer Soares, Furriel
Fernando Afonso Martins Guerreiro, Furriel, Compª 416
Jorge Pinho Mateiro, Furriel
Sesinando Gomes Martins, Furriel, CCS 

PRAÇAS:
Adérito Maria Rodrigues Frade, 1º Cabo 953/62
Alberto Ferreira Neno, 1º Cabo 1003/62, CCS
Alvarinho Pereira, 1º Cabo 297/62, Compª 382
António Daniel Formosinho, Soldado 197/62, CCS
António Oliveira Sousa, Soldado 469/6
António Silva Andrade, Soldado 305/62
Celso Pereira, Soldado 1412/62, Compª 416
Cristóvão Bem Gonçalves, 1º Cabo 681/62, CCS
Domingos Lopes Tecelão, Soldado 3203/62, CCS
Domingos Sales Alves, Soldado 1340/62, CCS
Edmundo Maria Ramos, 1º Cabo 628/62, CCS
Frederico Cerdeira Romão, Soldado 650/62, CCS
Hélder Correia Silva Tavares, 1º Cabo 482/62, Compª 382
Hermengardo Borges, 1º Cabo 954/62, CCS
João Luís Costa, Soldado 449/62
Joaquim Barreira Marques, 1º Cabo 467/62
Joaquim Caetano Lourenço, Soldado 1388/62
Joaquim Carlos Freitas, Soldado 1914/62, Compª 416
Joaquim Queirós Ribeiro, Soldado 1517/62, Compª 416
Joaquim Rocha Santos Loureiro, 1º Cabo 198/62, CCS
Jorge Tito Spínola, Soldado 237/62
José Carreira Jorge, Soldado 285/62, CCS
José Eduardo Madeira Pacheco, Soldado 391/62
José Sousa Brasil, Soldado 234/62
José Teixeira Barbosa, Soldado 408/62
Luís Mendes Furtado Gaspar, Soldado 259/62
Manuel Daniel Duro, Soldado 3257/62, CCS
Manuel Fernandes Mendes. Soldado 250/62
 Manuel Odílio Gonçalves Correia, 1º Cabo 479/62
Manuel Santos Teixeira, 1º Cabo 186/62

Registo de parte da atividade operacional do Grupo “Os Destemidos”, nalguns casos atuando conjuntamente com outros grupos de Comandos, nas seguintes datas e lugares:

08.09.1963 – Rio Luege. Operação: “Boina Vermelha I”.
13.09.1963 – Rio Loge, Norte de Quiouon e Muxixe. Operação: “Boina Vermelha II”.
16.09.1963 – Rios Loge, Luege e Luaia. Operação: “Boina Vermelha III”.
24.09.1963 – Rio Luaia. Operação: “Boina Vermelha IV”.
20.10.1963 a 25.10.1963 – Matas Sanga e Conquelo e Rios M’Bridge e Quidilo.
Operação: “Gato Eriçado”.
27.10.1963 a 29.10.1963 – Mata Sanga.
04.11.1963 a 08.11.1963 – Rio Lué Grande. Operação: “Busca Rápida”.
13.11.1963 a 16.11.1963 – Rio M’Bridge. Diretiva de Operações 13.
23.11.1963 a 29.11.1963 – Mucula. Operação: “Vai Tudo”.
26.11.1963 a 29.11.1963 – Rios Lué Grande e Lucunda. Diretiva de Operações 18.
30.11.1963 – Mucula. Operação: “Dos Comandos”.
14.12.1963 a 20.12.1963 – Rio Lucunda. Diretiva de Operações 19.
03.01.1964 e 04.01.1964 – Tage-Enage e Rio M’Bridge. Diretiva de Operações 23.
09.01.1964 a 11.01.1964 – Mata Sanga e Rio Sembo. Operação: “Vamos a Eles”.
11.02.1964 a 18.02.1964 – Mata Sanga e Rios Diadia e Luaia.
Operação: “Carnaval com os Gatos”.
02.03.1964 a 12.03.1964 – Mata Sanga. Operação: “Despedida dos Gatos”.
18.04.1964 e 19.04.1964 – Rios Onde e Pampa. Operação: “Comandos”.
06.05.1964 a 10.05.1964 – Mata Sanga. Operação: “Leopardo na Sanga”.
12.05.1964 a 14.05.1964 – Rio Lucunda e Mucula. Diretiva de Operações 12.
19.05.1964 a 05.06.1964 – Nóqui e Cai-Matombe. Operação: “Caça e Busca”.
18.07.1964 a 20.07.1964 – Rio Fuacumbi e Gomgue Delta. Diretiva de Operações 44.
26.07.1964 a 31.07.1964 – Rios M’Pozo, Lufico e Lué Grande. Operação: “Prata da Casa”.
07.08.1964 a 09.08.1964 – Rio Nuezo e Picada Ambriz-Tapi.
15.08.1964 a 23.08.1964 – Mata Sanga, Montes Vucussos, Bessa Monteiro.
Operação: “Pelicano Primeiro”.
04.09.1964 a 06.09.1964 – Rios Lué Grande e Fucumbi. Diretiva de Operações 17.
12.09.1964 a 14.09.1964 – Estrada Benzo-Quelo, Picada Vombo, Rio Cassinde e
Estrada Benza-Quelo. Diretiva de Operações 18.
22.09.1964 e 23.09.1964 – Rios Lué Grande e Fucumbi. Diretiva de Operações 54.
29.09.1964 – Quinzau, Quinzana até Quimuanda.
05.10.1964 a 09.10.1964 – Mangue Grande e Quinzau. Diretiva de Operações 19.
13.10.1964 a 20.10.1964 – Sazaire. Diretiva de Operações 62.

1 comentário:

Duarte Borges disse...

Hermengardo Borges é o meu Pai :)