quarta-feira, 9 de junho de 2010

FIFA – CURSO FUTURO III (BRASIL) - 1ª PARTE

Nesta minha última visita ao Brasil, onde fui assistir à Assembleia-geral da ANAF-Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (Fortaleza, 22 de Maio), tive o grato privilégio de dar uma saltada à Granja do Comary para cumprimentar os meus bons amigos que frequentaram aquela iniciativa, projecto determinado a formar instrutores de Árbitros para todos as vinte e sete Federações de Futebol do imenso e amado Brasil. E assim aconteceu…
Saí de Lisboa a 17 com destino ao Aeroporto António Carlos Jobim, mais conhecido pelo Galeão, no Rio de Janeiro onde me encontrei com o carioca e grande companheiro de percurso Christian Ducharme, responsável pelo maior e melhor sítio mundial sobre arbitragem, o Cartão Vermelho, e outros bons amigos, casos dos brasileiros Manoel Serapião, Luiz Martins, António Pereira, Dionísio Domingos, Milton Santos e da psicóloga Marta Sousa. Vindo do Paraguai, Amélio Andino, instrutor FIFA, responsável máximo pelo cumprimento do programa oficial. Gentil, participativo e conhecedor profundo da matéria que muito bem domina. Grande companheiro!
Ainda no Aeroporto, António Pereira proporcionou-me, através de contacto telefónico, falar com Teodoro Castro Lino o expoente máximo da boa disposição brasileira e no relacionamento fraterno que mantém há longos anos comigo. Uma vez mais formulou o convite para visitar Goiás, atenção que distingo sobremaneira. Dali saímos para o Centro de Treinamento da CBF-Confederação Brasileira de Futebol, denominado Heleno Nunes, situado na Serra dos Órgãos e que dista cerca de 100 quilómetros do Rio. Até ao início das actividades formais, marcado para 19, foi interessante apercebermo-nos da chegada de muitos bons amigos, uns já conhecidos outros ainda não, do fantástico entendimento que pautou sempre pelo elevado relacionamento que apraz registar e enaltecer o verdadeiro e categórico companheirismo que nos havia de seguir durante o período que por lá estive. Entretanto, compareceram 31 futuros instrutores de vinte e cinco Estados (Amapá e Roraima não puderam comparecer) mas muito animados e empenhados para perceberem os novos métodos de ensino e melhorarem as suas orientações formativas que irão servir quando transmitirem aos seus futuros formandos os conhecimentos adquiridos visando aperfeiçoar a qualidade da arbitragem em todo o território do país irmão.

2 comentários:

Gustavo Lauro disse...

Voce tem interesse em ter especialistas em psicologia do esporte em fazendo trabalho aplicado a arbitragem escrevendo alguns artigos??
Trabalho na FPF!
Estou cursando doutorado em Barcelona, Espanha e com 1 mestrado e duas pós em psicologia aplicada ao esporte em Barcelona.

Qual a especializaçao da Dra. Marta? Nao encontrei muita informaçao sobre trabalhos em psicologia do esporte.
Estou a sua disposiçao:

um abraço

Gustavo Korte
(11) 87765555
gustavo@flytoexcellence.com
gustavokorte@gmail.com

MARTA SOUSA disse...

Olá Sr. Helder...
Sou especialista em Psicologia do Esporte e Membro da Associação Brasileira de Psicologia do Esporte.
Qualquer duvida é só entrar em contato.
Abçs
Marta