sábado, 1 de novembro de 2008

TORREENSE-MONTELAVARENSES, O JOGO QUE VI NO PASSADO DOMINGO

-Equipa de arbitragem: Joana Margarida Vicente, Carlos André Nunes e Vitor Hugo Vicente-
Foi no dia 25 e no esplêndido relvado do Manuel Marques que se defrontaram as equipas do Sport Clube União Torreense e do Clube de Futebol os Montelavarenses, no jogo que contava para a 5ª jornada do Distrial da 1ª divisão, série 1. -Saudação-
A vitória sorriu à equipa da casa por 1-0, golo obtido no segundo tempo. -Sorteio-
A sua classificação era a seguinte: Visitado: 8º lugar com 4 jogos e 6 pontos, correspondente a 2 vitória e 2 derrotas. Golos: 10-10. Visitante: 7º posto, 4 jogos e 6 pontos, igual a 2 vitórias e 2 derrotas. Golos: 4-3. -Vítor Hugo está tão bem preparado fisicamente que até voa!-
O Árbitro do jogo: Carlos André Gaio Nunes (n. 29.09.1981), faz parte da 1ª categoria distrital, ingressou na arbitragem há 5 anos e é filiado no Núcleo de Árbitros de Futebol de Torres Vedras. Pretende ascender ao quadro nacional de Árbitros Assistentes. Profissionalmente desempenha a actividade de distribuidor comercial. -Carlos Nunes em acção-
Assistentes: Joana Margarida Correia Vicente (n.12.05.1990), Árbitra de 2ª categoria distrital, veio para o sector em 2004. Estudante Universitária está a frequentar Letras e quer seguir a carreira de directora de Gestão de Recursos Humanos, e -Joana Margarida Vicente impecável-
Vítor Hugo Correia Vicente, (n. 27.02.1988), Árbitro de 2ª categoria distrital, iniciou-se na nossa actividade desportiva há 5 anos e espera chegar rapidamente à categoria seguinte. Está no 2º ano do curso Tecnológico Informático e no seu horizonte está a trabalhar no sentido de incorporar-se no funcionalismo público (forças de segurança). -Uma situação com as redes, mas solucionada-
Uma curiosidade bastante enternecedora: A Joana e o Vítor são irmãos. Filhos de Maria Teresa e Vítor Vicente, este, antigo colega, já jubilado. Ambos os jovens são membros do Núcleo de Árbitros de Futebol da Póvoa de Santa Iria. -Alguém prevaricou, para ser advertido-
Intencionalmente fui ver este desafio pelo motivo dos irmãos Vicente irem actuar conjuntamente, razão porque viajei 100 quilómetros na deslocação que fiz até à Cidade de Torres Vedras, onde tive uma enorme satisfação ao saudar e falar aos bons amigos Vítor Oliveira e Hugo Nobre, que também assistiam ao desafio. -Esta é minha: o fotógrafo estava lá...-
Registo: No mesmo recinto deste jogo, mas em terra batida (ui, ui…), actuei, como auxiliar, em 22 de Outubro de 1979, no encontro de juniores Torreense-Fanhões (7-0)! Ai que saudades, ai, ai…
-Final do jogo-

1 comentário:

Carlos disse...

Caro amigo Obrigado por tudo as fotos estão um Maximo
Continuação.
cmp
Carlos Nunes